Mês: Junho 2014

UnderSkateRapGround Com Paulo Black

Publicado em Atualizado em

Big Remo e da Carolina do Norte e começou a escrever letras de rap com 12 anos de idade, suas principais influencias foram o filme de hip hop  beat street e o produtor de rap underground 9th Wonder, Big Remo encontrou um meio de canalizar seus pensamentos e o espírito de criatividade escrevendo suas letras de rap. Um dos grandes incentivadores de sua carreira foi o mestre dos beats 9th Wonder, que acreditou no seu trabalho e o convidou para trabalharem juntos em alguns sons, baixem o album e se inspirem.
Big-Remo
 
 
 
 
 

“QUE SAMPLE É ESSE” COM LUIZ MP

Publicado em Atualizado em

No primeiro CD do lendário grupo Wu-Tang-Clan “Enter the Wu-Tang 36 Chambers”, lançado em 1993, eles usaram na faixa “C.R.E.A.M.” um sample da música “As Long As I’ve Got You” do grupo de Soul The Charmels, lançada em 1967.
Desta música foram usados 2 samples. Um se encontra já no início e o segundo logo depois de 16 segundos.
Este segundo sample tambem foi usado pelo produtor Apollo Brown no seu CD com Guilty Simpson “Dice Game” lançado em 2012, na faixa chamada “Let’s Play”.
wu-tang-92-demo-tape-11.9.2013
Link da faixa do W-Tang-Clan “C.R.E.A.M.”
Link da faixa do Apollo Brown e Guilty Simpson ” Let’s Play”
Link da música do grupo The Charmels “As Long AS I’ve Got You”
Espero que vocês tenham gostado desta estreia e semana que vem tem mais, e prometo que sera bem mais divicil esse ai foi fácil em, paz a todos.
Luiz MP.

 

UnderSkateRapGround Com Paulo Black

Publicado em Atualizado em

Kenn Star e um rapper de Washinton DC e também e um membro da  Low Budget Crew    juntamente com Kev Brown ,Odisse,Cy Young.
Imagem
Ken Star teve sua estreia em 2006 no seu album  Starr Status que teve a participações de Suspatition, Talib Kwely, Asheru e contou com a produção deKhrysis, Kev Brown, Oddisee, DJ Rod Roddy e M-Phazes . Ken Star teve destaque em importantes revistas de rap americanas como The Source, Zero e Jive no qual foi considerado um dos melhores rappers do jogo flagrem o som e baixem o album que é pesado.
 
 
 
 
 

ENTREVISTA DA SEMANA

Publicado em Atualizado em

Salve rapa,

Ae hoje é dia do primeiro jogo da copa do mundo de 2014, vai ter vários protestos e eu realmente espero que tudo ocorra bem, bem para que vai protestar na paz e bem para quem vai visitar nosso pais, é engraçado né meus manos nos do rap sempre lutamos pro melhores condições de vida e basta a violência policial nas favelas, e hoje o brasil inteiro sai nas ruas para reclamar e reivindicar melhores condições de vida e tal, é rap eu sempre acreditei em você e mesmo com copa ou sem copa nos estamos fazendo a nossa parte e eu vou apresentar um mano que corre também pelo certo e independente de copa tai pra mostrar que a luta não acabou, que apenas  é so o começo, meus manos e minas eu apresento a vocês o mano Marcelo Blekaut:

Imagem

 

 

 

Como você começou a se interessar pelo rap e por que do vulgo M.Blekaut?

Ainda muito cedo tive meu primeiro contato com rap e logo me identifiquei
com as ideias passadas nas letras,me diziam muito sobre minha realidade,
apesar de se ouvir muitos outros estilos musicais em casa,nenhuma tinha
falado a minha propria lingua e retratado minha vida e da nossa gente daquela forma.
Quando comecei a escrever e a quere rima sentia a necessidade de um nome e de começo
usava o meu mesmo nome Marcelo,até que um dia assistindo um documentario que falava de
um sambista das antiga chamado “blecaute do samba” gostei do nome e achei que poderia
ter um blecaute no rap também..M Blekaut.

Quais os seus trampos no HIPHOP de Tatui?

Então a gente tem um trabalho lançado chamado “direito de defesa”
e estamos trabalhando num proximo ae….logo mais …tamo no corre,
mais meu trabalho com rap é voltado mais pra musica mesmo,tem algus eventos que participo e ajudo a organiza,
meu sonho trava um combate mortal com minha necessidade de sobrevivencia.

 

E como é fazer rap no interior paulista(tatui), o que vc pode passar de mensagem pra esta rapaziada que ta começando agora?

Não é facil e se fosse não seria rap hip hop né! as dificuldades são varias mais quem se propoe
a resistir sabe oque tera que enfrentar e o rap ta ae fazendo o maximo com o minimo.
Quem for chega,saber respeita os companheiro que ta no mesmo corre,humildade sempre,
e não espere nada acontece, faz seu corre!

 

Manda uma mensagem ai para toda nossa family e nossos contemporâneos que lêem o nosso 

blog?

Nunca va se afasta das suas verdadeiras origens seja mais você.

Deixe um desabafo do que te incomoda e exponha pra geral?

Me incomoda o descaso a ma vontade politica para com nosso movimento
o hip hop tem um léque de possibilidades ae e os cara em vez de ajudar..boicota.
Ae… nossos jovens estão se perdendo nos bairros aos arredores da cidade e só são
enchergados quando viram um problema liga..
A solução mais rapida e facil vem atravez do braço armado deles,tapas,socos,algema e cadeia
não subistituem cultura,lazer,saúde e uma educação de qualidade.
o hip hop tem um propósito mudança,por tanto senhor secretário da cultura de “TATUI” queremos cultura nas periferias da cidade.

E defina Blekaut em uma só palavra?

Percistência

 

 


 

Sensacional meu mano Marcelo, obrigado pela entrevista e continue na luta meu mano, representando Tatui e todos seus manos, a todos ate semana que vem, e eu como patriota espero que a nossa seleção se de bem nessa copa, pois protestar isso eu e vários manos nossos ja fazia a mais de 20 anos, desde que o HIPHOP nasceu na quebradas paulistanas, ate semana que vem guerreiros e guerreiras e se protestar juízo e “saiam da mira dos tiras,são eles é que forçam são eles que atiram”(conexão do morro) paz a todos que Deus o abençoe.

 

Kaju – L.O family

 

NO TREXO COM FBI

Publicado em Atualizado em

Risco Olímpico

laonday-e1360008677495

Fica cada vez mais alto o risco de os jogos olímpicos de 2016 não serem realizados, conforme programado, no Rio de Janeiro. A Prefeitura e o Governo Federal terão de aproveitar o mês de ilusões com a Copa da Fifa para comprovar, concretamente, que as obras prometidas para as olimpíadas ficarão prontas a tempo. Se até julho nada estiver andando a contento, o Comitê Olímpico Internacional anunciará que os jogos serão novamente disputados em Londres – para desespero dos incompetentes brasileiros, bons de roubar e péssimos de cumprir prazos nas obras programadas.

 

FBI.

UnderSkateRapGround Com Paulo Black

Publicado em Atualizado em

Salve galera essa semana vamos falar do grupo de rap First Division e seu album The Critical Path pt 2. album pesado que trás participações de Roc Marciano, Suspatition e que conta com a produção nas batidas de Marco Polo , Linx Dj ,Dj Skizz ,Dj Tatik, album pesado bem underground baixem que ta sinsitro.
image3
 
 
 
 
 

NO TREXO COM FBI

Publicado em Atualizado em

O sofrimento religioso é, a um único e mesmo tempo, a expressão do sofrimento real e um protesto contra o sofrimento real. A religião é o suspiroda criatura oprimida, o coração de um mundo sem coração e a alma de condições desalmadas. “É o ópio do povo.” Karl Max não fala da religião como uma droga ou entorpecente, ele fala que ela é oópio do povo comparando-a com uma forma de aliviar o sofrimento, de encontrar paz, um anestésico para a dor do ser humano. Comparar a religião com uma droga é chocante hoje em dia e provavelmente foiainda mais na época em que Karl Max fez esta colocação, assim Marx fala da religião não para condená-la, mas para mostrar o quanto o ser humano necessitava e necessita de um ponto de fuga da tristerealidade, o que os leva ao entorpecimento.