Mês: Setembro 2014

Analisando a Raphistoria com Lucas Henrique Gusmão

Publicado em Atualizado em

E ae rapa, suave?
Hoje eu queria trazer um pouco do Sintese grupo de rap de São Jose dos Campos
Sintese teve começo em 2008. Em 2010 lançaram uma demo fisica (200 copias)
em 2011 vieram com a promotape Sintese que é muito boa
dando um destaque pra Brasil Tropical que pra mim é a melhor da promotape

Depois lançaram 3 albuns muito ricos pro Rap Nacional pra mim
Acho que a forma que eles fazem RAP é muito novo pra muita gente que ouve
E a forma com que eles trataram os assuntos em todas as obras lançadas é unico, manja?
De 2010 até 2014 muita coisa mudou no Sintese
O Sintese deixou de ser uma dupla e passou a ter so o Neto no front.
E quem pensou que o Sintese ia perder a força se enganou
Neto mostrou que o bagulho tava so começando, soltando umas musicas no mesmo nivel de antes
chegou em 2014 mais musical e menos “sujo”
Passou a fazer musica usando o rap, e vem mostrando pra cena o coletivo da cidade dele.
O Sintese já conseguiu seu lugar nos grandes nomes do rap
Passou a ser respeitado pelos MCs de plastico dos dias de hoje
Leva um pouco do sofrimento/alegria que vem do gueto pra dentro de cabeças vazias
e ensina e ajuda muito mlk novo que ta perdido no mundo. 
Daqui 10~15 anos provavelmente vai ter gente descobrindo as primeiras obras deles
e muita gente mesmo depois de tanto tempo ainda vai se identificar, vai se encontrar nos versos deles.
Obrigado ao Sintese por mostrar o amor pra essa molecada em meio a tanto Rap falso. 
 
 

https://skypewebexperience.live.com/content/3-14-1793/telemetry-iframe-outlook.html?sts=1412023706133&sessionid=eb1fcd92-afda-4aa9-706b-672875e2ed5c&hostproperty=outlook&origin=https%3A%2F%2Fcol128.mail.live.com&dynamicConfig=%7B%22Data%22%3A%7B%22visitorSampling%22%3A0.001%7D%7Dhttps://skypewebexperience.live.com/content/3-14-1793/swe-iframe.html?sts=1412023706136&sessionid=eb1fcd92-afda-4aa9-706b-672875e2ed5c&hostproperty=outlook&origin=col128.mail.live.com

Anúncios

UnderSkateRapGround Com Paulo Black

Publicado em Atualizado em

O grupo D.I.T.C foi um clássico grupo de rap dos anos 90 no estilo bombap, seus integrantes eram de New York, das quebrasdas do Brooklin, Bronxs, Harlem, inclusive o falecido Big L fazia parte desse grupo que também era formado por Showbiz & AG, Diamond D , Lord Finesse, Fat Joe , OC, Buckwild. Eles ganharam muito respeito dentro da comunidade do hip hop nas antigas o grupo trazia as letras das ruas combinadas com batidas fortes inclusive nessa época o Fat Joe não havia se vendido pra mídia, outro fato marcante nesse grupo era também a participação do rapper Big L ,esse mito do rap underground que foi assasinado. Enfim esse grupo representou muito o rap de New York nos anos 90 quando era muito cultuado o rap de New York, a indicação do blog e um trabalho com remix do grupo lançado recentemente D.I.T.C The Remix Project baixem que ta pesado.
44703
 
 
 
 
 
 
                                                 

UnderSkateRapGround Com Paulo Black

Publicado em Atualizado em

Akrobatik e um rapper underground que vem de Boston e manda pesado,  eu tive o prazer de ver um show ao vivo uma vez junto com meus camaradas Cleber Sorobeatz (beatmaker de Sorocaba) e o Felipe Ratão (dj de hip hop underground de Sorocaba), eu lembro que naquela noite em Sampa fomos ao delírio com o som do Akrobatik que fez varias homenagens ao falecido Old Dirty Bastard cantando vários hits dele, Akrobatik mostrou muito carisma pelo publico e consideração pelo finado amigo Bastard , sentimos isso pelas homenagens que ele fez  e também um fanatismo pelo basquete ele usava uma camisa de basquete do time de Boston que havia sido campeão pela NBA naquele ano ele exaltava muita essa conquista e chacalhando sua camisa .
akrobatik
Foi uma noite pesada risadas amigos e muito som sujo  o Akrobatik e um rapper que tem uma perfomance incrível ao vivo, passava muita energia para o publico ele cantava chacalhando os dreads e pulando no palco e seu flow era sinsitro ,eu lembro que o Pentagono e o Contra Fluxo abriram o show do Akrobatik esse dia naquela noite de sabado de 2008 era lançamento do album absolute value e distribuindo posters autografados pra galera do Brasil. O Akrobatik ta na estrada do rap desde de 1998 a indicação do blog e o quarto trabalho da carreira do rapper que também já fez trilha sonoras pra filme, jogos de videogame e também pra NBA. Baixem ai o Built to Last album pesadíssimo e sintam o peso.
                                                                                                                      
 
 
 
 
 

Que Sample é esse? Com Luiz Mp

Publicado em Atualizado em

Olá galera! Na última edição de “Que Sample É Esse?” falamos sobre a música “Today”, que foi sampleada por Pete Rock & C.L. Smooth. Só q esse sample foi tirado da versão cover do Tom Scott & The California Dreamers.

bigpeterock_clsmoothIMG_6808-official-1024x682

Hoje vamos falar da versão original do grupo Jefferson Airplane, que tambem foi sampleada diversas vezes. A música original “Today” foi lançada em 1967 no Album “Surrealistic Pillow” e foi sampleada primeiramente por Black Sheep, na música “Similak Child”, lançada em 1991no Album “A Wolf in Sheep’s Clothing”. Black Sheep usou o Loop de guitarra do Jefferson Airplane q aparece aos 6 segundos para o Loop principal. Alem disso samplearam o Loop de bateria do grupo Three Dog Night, na música “I Can Hear You Calling”lançada em 1970 no Album “Naturally. Esse Loop de bateria aparece aos 1:52 minutos na música do Three Dog Night e foi usada na música do Black Sheep a partir dos 0:22 minutos. Black Sheep tambem sampleou o Loop de piano do Ramsey Lewis para o verso. A música do Ramsey Lewis foi “Les Fleurs”, lançada em 1968, no Album “Maiden Voyage”. 
O Loop de piano aparece já no início da música do Ramsey Lewis e foi usada em “Similak Child” a partir dos 0:43 minutos. A flauta q foi usada aos 1:35 minutos da música do Black Sheep foi sampleada da música “Three More Days” do grupo The Guess Who, e foi lançada em 1970 no Album “Share the Lake. A flauta aparece aos 5:42 minutos em “Three More Days”. O Loop de variação q entra aos 1:46 minutos em “Similak Child” foi sampleada da música “You Know You Know” da Mahavishnu Orchestra, lançada em 1971 no Album “The Inner Mounting Flame”, e se encontra já no início da música “You Know You Know”. 
Voltando ao Jefferson Airplane, como disse no início, tb foi sampleado por vários outros artistas do rap. Em 2003, o grupo françês ATK tambem sampleou o mesmo Loop do Jefferson Airplane na música “La Flème” no Album “Oxygène Volume 1”. Em 2007, essa música Today do Jefferson Airplane tambem foi sampleada por JBL the Titan & Pete Sakes na música tambem chamada “Today” lançada no Album “Alien Warfare Vol.1”
Link da música original do Jefferson Airplane “Today” (Guitarra aos 6 segundos sampleada por vários artistas)
Link da música do Black Sheep “Similak Child” (primeiro Link talvez não funcione direito, por isso um segundo Link opcional)
Link da música “I Can Hear You Calling” do grupo Three Dog Night (Loop de bateria aos 1:52 minutos aparece aos 0:22 minutos em “Similak Child”)
Link da música do Ramsey Lewis “Les Fleurs” (Loop de piano no início foi usado a partir de 0:43 minutos em “Similak Child”)
Link da música do The Guess Who “Three More Days” (Flauta a partir dos 5:42 minutos aparece aos 1:35 minutos em “Similak Child”)
Link da música da Mahavishnu Orchestra “You Know You Know” ( Loop no início foi usado aos 1:46 minutos em “Similak Child”)
Link da música “La Flème” do ATK (Tambem usaram o sample do Jeffersaon Airplane “Today”)
Link da música “Today” do JBL the Titan & Pete Sakes (Tambem usaram o sample do Jeffersaon Airplane “Today”)

Valeu galera, obrigado pelo interesse e até a próxima edição de “Que Sample É Esse?”

ENTREVISTA DA SEMANA

Publicado em Atualizado em

Salve rapa,

Hoje vou mostrar mais um mano de Cerquilho que ja conheço a um tempo “confesso que nunca trovei ele la na cidade no tempo que eu morava la” mas sempre nos comunicamos através da internet, é rapa a cidade é pequena mas mesmo assim por incrível que pareça nunca nos trombamos, mas não da nada, pois esse mano é bem underground e curte fazer um som no estilo  Screwed & Chopped, fico curioso pra saber né, então conheça um pouco fo mundo do nosso mano Edward Mallakai.

10660704_725393410859776_1949628184_n


Comecei curtindo um rap nacional é claro, por causa da minha mãe e primos q ouviam direto aqui e eu me apeguei muito a isso.

Eu curto muito Gangsta Rap e Horrorcore Rap, e uns Underground também, mas ouço Gangsta muito mais do q qualquer outro estilo. E alguns anos atrás eu fazia somente compilações normais mesmo, mas depois que eu aprendi um pouco Screwed & Chopped só lancei mixtapes assim mesmo, se vc não conhece ainda iria adorar isso hahaha.. de uma olhada nesse som original:

NO TREXO COM FBI.

Publicado em Atualizado em

Pessoas que só reclamam tendem a ficar isoladas do seu grupo de amizade, afinal, ninguém gosta de ter uma pessoa que só reclama por perto, não é mesmo? Todos acabam se afastando desse tipo de pessoas porque é muito desagradável quando todos estão satisfeitos ou felizes com alguma situação e alguém está reclamando porque não gostou de algo, essas pessoas são vistas como mau-humoradas e chatas pelas pessoas.

Essas pessoas muitas vezes esquecem que existem coisas boas na vida também, que a mania de reclamar pode estar incomodando as pessoas ao seu redor ou até mesmo que ela podia estar vendo a situação por outro ângulo e gostando disso. Para muitas pessoas reclamar já se tornou um hábito, ou até mesmo uma diversão, elas usam desse tipo de argumento para puxar assunto ou apenas para serem notadas.

Mas é sempre bom lembrar que em muitos casos reclamar pode ser considerado uma doença psicológica, a pessoa que reclama demais pode ter passado por um trauma ou situação que a fez ser desse jeito. Por isso as pessoas com esse tipo de problema devem procurar ajuda médica, de preferência um psiquiatra ou psicólogo para que eles possam te ajudar a vencer esse problema.

Analisando a Raphistoria com Lucas Henrique Gusmão

Publicado em Atualizado em

Salvê rapa, hoje eu vim falar um pouco do Criolo
Criolo_PhotoBy_DaryanDornelles_41
Criolo ou Criolo Doido como era conhecido nas antiga
é a fina essencia do rap nacional, o som do cara não é parecido com nada
Vem de uma bacia rara no rap, o RAP do Criolo vem da musica, e a musica dele vem do coração
Em um instante mostra nas musicas a realidade de quem tá no crime
em outro momento mostra o cotidiano dificil de São Paulo, não se limita aos jovens
a impressão que eu tenho é que o criolo tá numa linha tenue entre RAP e MPB
Fazendo sempre seu estilo calmo e agressivo, tem um repertorio recheado de hits e de cultura
 (Video não existe amor em SP ao vivo)
“O que que é a ascensão da classe C?
É tipo leite que a gente comprava?
leite tipo C, aí tinha um tipo A, da fazenda…
A gente já ficou numa caixinha de novo, entendeu?”
Essa linha de pensamento causou muitas piadas pela internet
Na epoca fiquei meio pa com isso, não entendia como algumas pessoas não entendiam, saca?
Mas o que ele disse foi genial, usou um argumento vindo do sistema e transformou em uma metaforia que escorre ironia
Tirei dessa fita que ele disse, que na realidade somos todos iguais, que quem limita a gente tambem nos rotula.
Kleber Cavalcante Gomes, 38 anos, é nossa voz na linha de frente, enquanto houver um Criolo
A voz de quem se fode no dia a dia nunca vai ser fraca.
(Video Samba Sambei ao vivo)
“Eu vejo a mata sendo desprezada,
E os cães que me protegem me guiam nessa estrada,
Se tem ideia, manda uma que nutre,
Pois tô cansado de tanta palhaçada.” ♫ 
Discografia
Ainda Há Tempo (2006)
Nó na Orelha (2011)
DVDs
Criolo Doido Live in SP (2010)
Criolo & Emicida ao Vivo (2013)
Nó na Orelha ao Vivo no Circo Voador (2013)
LP Single
Ainda Há Tempo (2006)
Subirusdoistiozin (2010)
Duas de Cinco (2013)
Coccix-ência (2013)